quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Iniciando em REIT, compra de Realty Income (O)

Fala galera da Finansfera!!!



Finalmente, dando continuidade ao processo de diversificação dos investimentos mais especificamente falando da parte offshore, iniciei os investimentos em REIT.

Bom para quem ainda não sabe, os REIT (Real Estate Investment Trust) são como os nossos FII ( Fundos de Investimentos Imobiliários), guardada as devidas proporções.

Mas para quem ainda não tem nenhuma noção sobre o assunto, resumidamente, REIT e FII são fundos que reúnem diversos imóveis de diversos setores e colocam para aluguel sendo que uma parte do valor do aluguel, algo entre 90 a 95% do valor, é dividido entre os cotistas.

Sendo assim, os REIT são uma opção absurda de investimentos em vários tipos de imóveis ao redor do mundo todo com apenas um clique na tela do seu computador e com pouco dinheiro. Você quer dizer que tem parte de um imóvel em Nova Iorque? Então compre um REIT e pronto! Mesmo que não tenha casa para morar, terá sua participação em algum imóvel na cidade que nunca dorme.

Como já tenho FII no Brasil e diga-se de passagem, no Brasil as opções são muito infames em relação aos REIT americanos, resolvi expandir mais uma vez e começar nesta nova modalidade e para isto escolhi nada mais e nada menos do que um REIT muito bom e discutido amplamente por aí, o Realty Income, sua sigla é O.

Sem me alongar demais pois o Viver de Dividendos já fez um post sobre ele em 2015, vou listar apenas alguns dos motivos que em minha pesquisas, me fez escolher primeiramente ele.

Lembram que comentei acima que os REIT são uma opção absurda de investimentos em vários imóveis? Então, o O possui quase 5 mil propriedades distribuídos por 49 estados americanos.




Então se estamos falando de diversificação, já temos por estados. É como se tivéssemos um FII com quase 5 mil imóveis espalhados por todo o Brasil, claro que novamente guardamos as devidas proporções. 

Pensando pelo lado da diversificação vamos imaginar um pouco como se fosse no Brasil. Enquanto o Rio de Janeiro sofre bastante com os alugueis atualmente, São Paulo tem até melhorado neste quesito, logo a carteira acaba ficando balanceada e quem investe em FII e possui EDGA11 ou XTED, sabe bem do que estou falando.

Outra coisa legal é que nenhum inquilino tem participação maior do que 6,7% da receita e uma vez que o O possui mais de 250 inquilinos, 45% desses são classificados no Investment Grade. 



Falando em indústrias, nenhuma delas representam mais que 11% do aluguel e como podemos ver, são indústrias defensivas e de preços baixos. Em primeiro lugar estão as drogarias. Se nos EUA a  CVS é a maior, e não para de crescer e no Brasil a Droga Raia também teve crescimento absurdo, imagina se algum desses aluguéis tem grandes chances de vacância? Provavelmente não.

Ah, ele possui Walgreens e CVS como inquilinos.



Agora vejamos o quadro de distribuição dos aluguéis.




Ainda assim o O anunciou que se expandirá em 2017 e eles têm bala na agulha pra isso, por outro lado tem o risco das hipotecas mas que ainda não atrapalham muito seu lucro. 

Vejam na imagem abaixo como está a divisão da capitalização deles.


Nesta imagem podemos fazer uma comparação do crescimento desde 1996 quando eu nem sonhava que existiam investimentos, era apenas um moleque.



Como citamos sobre vacância... bom melhor seria falar em ocupação ao invés de vacância.


E como o que interessa bastante pra gente é o retorno, vamos comparar o DY dela com outras grandes do ramo.


É certo que outros REIT tem até DY maior mas quem disse que estes também não estão no radar? :)

E por último, a cereja do bolo! Como preço pra mim importa sim ao contrário do que muitos dizem, aproveitei esta pequena promoção e comprei umas cotas. O Realty Income sofreu uma queda de mais de 20% em seu preço, sendo assim achei interessante a entrada.



Outros REIT estão no radar e em breve farei novos comentários, enquanto isso vou pesquisando sobre o assunto.

Por enquanto é isso pessoal.

Abraço a todos!




terça-feira, 15 de agosto de 2017

Minha viagem a Grécia. O que fazer em Santorini

Fala galera da Finansfera!!!



No último post sobre viagem deixei uma enquete aqui sobre qual deveria ser o próximo post de viagem dentre os lugares que visitei na Grécia e tivemos 1.234 votos para Santorini, 1.234 para Creta e os outros lugares receberam entre 900 e 1.100 votos. Brincadeira kkkkk, nem foram tantos votos assim mas de qualquer maneira Santorini ficou empatado com Creta e como achei Santorini mais romântico e mais chamativo sendo o lugar que eu voltaria com certeza, vou escrever sobre SANTORINI.

Realmente Santorini é um lugar espetacular. Qualquer mulher vai amar, então, se pensa em fazer uma média com a patroa ou se está devendo, programe uma viagem para lá que as coisas se resolvem kkkk. Mas também prepare um pouco o bolso, não porque as coisas são caras mas sim porque tem tanta coisa pra fazer dentre restaurantes, presentes e até vinícolas que você acaba gastando um pouco mais caso não seja bem planejado.

Mas o que é Santorini realmente? Bom, a resposta para um bom carioca é: Santorini é uma favela que deu certo! Sim, isto mesmo. Santorini nada mais é do que uma grande favela igual às do Rio de Janeiro. Um lugar apertado, cheio de vielas e corredores estreitos aonde não passa nada a não ser um ou dois pedestres de cada vez. Não há estacionamento, não há ruas, o comércio é de restaurantes e souvenires e há uma linda vista para o mar e para o pôr do sol.

Então digam-me, qual a diferença de um ambiente desses para as favelas do Rio? Simplesmente Santorini é uma favela que deu certo. Pintaram tudo de branco, pavimentaram as vielas, criaram vários hotéis, até mesmo porque na parte mais turística não há residências, e aproveitaram o pôr do sol para criar um ambiente extraordinário para turistas. 



Mas deixando de lado esta parte de comparações, vamos às dicas de Santorini. Algumas são fora da mainstream e outras não tem como fugir mesmo, as opiniões são iguais.

1 - Hospedagem


Me hospedei no Ellinon Thea Boutique Hotel como podem ver no video. Ele fica em Firostefani.





Firostefani é mais no centro, onde tem mais comércios e mais restaurantes então para quem quer ficar bem no centro mesmo, é a melhor opção.




Imerovigli é um pouco mais acima e é onde tem mais os hotéis com varanda daquelas que vemos toda hora em fotos no Instagram ou google. É um lugar mais tranquilo com alguns restaurantes em volta e mais sofisticados. Para quem quer tranquilidade e curtir uma lua de mel, é a melhor opção.



Óia é outro centro com bastante lojas, restaurantes e muito movimento. Fica bem cheio por lá por ser um dos lugares mais famosos da Ilha. É lá que tem o pôr do sol mais famoso do mundo (já falarei sobre o pôr do sol). Fica um pouco mais pra ponta da Ilha.

2 - Pôr do Sol


Muito se fala sobre o pôr do sol de Santorini, mais especificamente em Óia. Bom aqui vai a primeira dica fora da mainstream.

Dica - O pôr do sol pode ser visto praticamente de qualquer parte oeste da Ilha. Existe sim um local destacado no alto de Óia aonde várias pessoas se aglomeram para ver o fenômeno porém, não é determinante ir até lá, pegar um leve trânsito, chegar com duas ou três horas de antecedência, se apertar entre pessoas, restaurantes e vielas tudo para ver um belo pôr do sol. Você pode fazer isto diretamente do seu quarto de hotel dependendo de onde fica.

Assisti o pôr do sol de Óia, de Firostefani e de Imerovigli e todos foram ótimos.

Pôr do sol visto de Imerovigli

Pôr do sol visto de Óia

Pôr do sol visto de Imerovigli


Aqui é onde as pessoas se aglomeram para assistir ao pôr do sol em Óia.



3 - Arquitetura

Toda a arquitetura da Ilha é exatamente aquela que vemos nas fotos. Todas as construções são brancas e as igrejas têm telhado azul ou vermelho. 

Os hotéis são praticamente quartos individuais e quase todos de frente para o mar e pôr do sol. A maioria tem varanda com espreguiçadeira e muitos possuem piscina, hidro ou ofurô individual de onde você pode ficar aproveitando de dentro, tomando um vinho e apreciando a paisagem.



Uma coisa que preciso alertar é quanto ao fato da locomoção ser difícil para quem possui algum tipo de restrição. Por ser tudo entre vielas e com muitas subidas e descidas além de escadas, fica complicado para um portador de necessidades especiais. No caso de precisar, faça contato antes com o hotel e eles te atenderão.

Junto aos hotéis existem vários restaurantes muito legais para jantar. Alguns restaurantes têm pianistas, saxofonistas e outras atrações românticas para distrair e divertir os turistas. Dêem uma conferida neste restaurante com um saxofonista destacado no visual do ambiente com o mar ao fundo. Imagina tudo isso enquanto você está jantando com a patroa?! Top hein?!!!!



4 - Deslocamento na Ilha

Inicialmente não tinha alugado carro por ter pesquisado sobre a Ilha e ter visto que por ser pequena não seria necessário mas isso não é verdade. Realmente, a Ilha é pequena mas não a ponto de dispensar um veículo para locomoção. É muito recomendado que se alugue ou uma scooter ou um quadriciclo. A scooter é melhor por poder andar entre os carros pois como não tem tantas ruas assim, tudo fica engarrafado. O quadriciclo sofre do mesmo problema que o carro então se alugar um destes, terá que ficar parado no trânsito.

Ah, ainda tem o problema do estacionamento. De scooter você estaciona em qualquer lugar mas de carro ou quadriciclo fica um pouco mais difícil.

5 - Pontos a visitar 



Até agora praticamente falei de logística e agora vamos ver os lugares a visitar.

Existem vários lugares para visitar e muitas praias para passar ao menos um período, ou seja, ficar ou uma manhã ou uma tarde.



Um ponto muito famoso é a Praia de areia vermelha. É uma praia pequena que possui uma areia grossa mais puxado pro lado de ser micro pedrinhas do que areia ( se é que areia não é micro pedrinhas né). 

Outras praias legais para visitar são Kamari e Perívolos.



Uma coisa que muitas pessoas fazem por lá é se casar. Isto mesmo, existem vários casamentos sendo celebrados por lá e não pense que é fácil agendar um pois a fila é bem grande.
Realmente, pensando bem, lá é um lugar inesquecível para celebrar o casamento.


6 - Gastronomia

Os restaurantes por lá têm quase o mesmo cardápio. A maioria tem frutos do mar como prato principal e vinho como bebida. Os preços variam de 12 a 20 euros sendo que na maioria das vezes comia muito bem por menos de 16 euros. As saladas são deliciosas.

Uma coisa que só encontrei por lá foi a cerveja deles, a Red Donkey ou Yellow Donkey. Gostei muito, experimentei as duas e fique de compra mais no último ponto antes de voltar para o Brasil que seria Zakinthos porém, só é vendida em Santorini, ou seja, terei que retornar só pela cerveja! :)





Há também algumas vinícolas. Por ser uma ilha vulcânica eles tem uma preparação especial para cuidar das uvas e produzir vinhos. Você pode visitar as vinícolas e degustar alguns vinhos além de comer uns queijos.

Plantação de uva








Bom, isso é Santorini, um lugar espetacular para visitar e retornar quantas vezes quiser para relaxar. 

Tenho bastante fotos mas por enquanto tá bom pra não ficar mais pesado do que já está.

E aí, gostaram das fotos e videos?

Por enquanto é isso pessoal.


Abraço a todos!


quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Tutorial como transferir dinheiro para o IB via ACH

Fala galera da Finansfera!!!



Eu já havia prometido fazer um post explicando como transferir recursos para o IB usando ACH, modalidade de transferência iniciada ou pelo banco ou pelo IB que demora até 3 dias úteis mas não tem custo nenhum. ACH - Automated Clearing House.

Mas apesar de eu ter prometido fazer este post, o que realmente me motivou foi uma leitora anônima que perguntou sobre como fazer esta transferência. Bom, ela não se identificou e nem sei se está acompanhando o blog mas de qualquer maneira, está aí o tutorial.

Bom, primeiramente deixo o relato da minha primeira transferência. Quando fui realizar o primeiro aporte para o IB, aquele de 10k Trumps, não achei na minha conta do BB Miami a opção ACH e fiquei muito na dúvida se eu teria essa modalidade no meu plano bancário. Após algumas tentativas sem sucesso, resolvi realizar a transferência via Wire, que é uma modalidade que cobra 30 Trumps e o dinheiro cai no mesmo dia, na verdade é um TED brasileiro.

Após tentar digerir esses 30 Trumps eu resolvi pesquisar um pouco mais para o próximo aporte. Enviei e-mail para a gerente do Banco que me disse haver a possibilidade de fazer o ACH mas não me ensinou. Sim, o Banco é em Miami mas o atendimento é bem brasileiro kkkkk.

Então, após algumas pesquisas, aqui vai o tutorial.

Esta é a tela da versão beta do Account Management 

Vá em Transfer & Pay e logo em seguida em Transfer Funds



Em seguida selecione Deposit



Escolha a opção ACH. Nesta versão beta não apareceu pra mim as opções ACH iniciated by Bank e ACH iniciated bu US. O segredo é escolher o segundo que aparece na versão clássica como pode ver embaixo.



No meu caso já está gravado o banco que faço as movimentações mas para a primeira vez será necessário cadastrar a conta.



Preencha as informações solicitadas com o nome do banco, país do banco, tipo de conta (saving ou cheking) e número da conta.



Após estes passos ele vai solicitar a senha e vai enviar, dentro de 3 dias, dois valores em centavos para sua conta. Após receber estes valores, vá no Account Management na opção Transfer & Pay e vai ter um campo para digitar os valores exatos. Com isso você faz uma autenticação entre sua conta no IB e a conta do Banco e as próximas transações ficam muito mais fáceis.

Agora vou colocar também as telas do Account Management clássico que é o mais usado ainda.

Vá em Funding


Selecione a opção Deposit

Aqui vai a cereja do bolo que demorei a descobrir. A primeira vez tentei usar o ACH iniciated by Bank e não deu certo de jeito nenhum. O Banco não faz por conta dele a transferência, pelo menos minha conta não permitiu.

Resolvi usar o ACH iniciated by US e bingo! Esta é a opção que deu certo para minha transferência, então utilize esta opção também, caso tenha alguma novidade, avise aqui nos comentários que atualizo o post.

Em seguida escolha Create new Bank information

Digite todas as informações do seu banco e da sua conta, logo após ele solicitará a senha e enviará também, dentro de 3 dias úteis, dois valores para sua conta. Após ter recebido esses centavos na conta, faça login no IB e digite no campo específico os valores exatos e pronto, sua conta está vinculada e já pode realizar as transferências sem pagar nada.



As transferências ACH demoram de 3 a 5 dias para entrar na conta então não se espante com isso, é normal. Programe-se para fazer a transferência em momento que não precise do dinheiro na conta, caso contrário terá que realizar a transferência wire e pagará 30 Trumps por isso. Um absurdo!!!

Por enquanto é isso pessoal! Espero que ajudem.

Abraço a todos!


sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Fechamento Julho 2017

Fala galera da Finansfera!


Julho fechou bem. Ações, stocks, e ETF tudo com crescimento consideráveis. A única coisa que não cresce, por motivos óbvios, é a renda fixa a não ser o TD que com a queda da SELIC os rendimentos ficarão ainda maior.

Destaque para o grande aporte em $ este mês o que elevou e muito a %. Foi um aporte de quase 50% da carteira, o que gostaria muito que ocorresse com frequência mas sei que é difícil.


Senão vejamos os números!

  • Ações -  Além de ter subido bem ainda tive a compra de IRBR3. Estava estudando o IPO e apesar de não gostar de comprar ações quando são lançadas, resolvi pegar um pouco dessa e estava disposto a pagar até 30,50 porém ela saiu no valor mínimo de 27,24 e isso foi ótimo! Já no dia seguinte ela subiu 7% mas isso não quer dizer muita coisa né então vamos acompanhando pra ver se isso realmente vai ser bom pra minha carteira. Ações sem o aporte subiram 3,99%.

  • FII - IFIX continuar indo bem e este mês tive o aumento de VRTA11 pois subscrevi o direito que tinha. Os rendimentos estão dentro do esperado apesar de alguns estarem pagando bem pouco como EDGA11 e BRCR11 mas a diversificação da carteira mantém uma razoável rentabilidade.

  • TD - Sem aportes e agora considerando novamente encerrar algumas posições.

  • Poupança - Parte do dinheiro que estava aqui foi para aquisição de VRTA e IRBR3.

  • CDB - Sem aportes e com rendimento caindo mês as mês, vamos ver como ficará no fim do investimento onde farei um cálculo de todo o período de 5 anos.

  • Debentures e CRI - Esses continuam na mesma cadência. CRI pagando os juros e a amortização mensalmente e as debêntures pagando direitinho. Espero não ter problemas no futuro pois ví que a RDTV11 tá com planos malignos que afetarão e muito quem as possui.

  • CDB liquidez  - Mantendo esse dinheirinho aqui pois vou precisar em dezembro mas talvez consiga pagar as coisas sem precisar mexer, vamos ver.

  • Stocks - Performando satisfatoriamente bem e entrando na carteira a AWR que já teve sua participação no rendimento da carteira. O que tá derrubando minha carteira é a GE, falarei sobre ela depois.  

  • ETF - Esses aqui estão subindo constantemente e dando um up na carteira, até fiz um post sobre eles.



Vamos ao resumo das porcentagens:


Por enquanto é isso pessoal, maiores detalhes estarão na página "Carteira"!

Abraço a todos!

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Investindo com dólar em queda

Fala galera da Finansfera!!!



Atualmente com inflação, IGPM, SELIC nosso salário e além de várias outras coisas caindo e as ações esticadas, somado à instabilidade política a qual o país passa, fico me perguntado onde colocar os aportes mensais e qual estratégia utilizar.

Bom, já foi bem falado por vários especialistas, curiosos, sabichões, filósofos e etc, que devemos deixar parte do dinheiro em uma aplicação de liquidez diária para poder aproveitar algumas oportunidades surpresas que sempre acontecem como foi o caso da delação do Joesley. Mas além do óbvio o que mais pode ser "óbvio" pra gente? Bom, o que também pode ser óbvio é investir em ações relacionadas ao dólar.

O dólar vem sofrendo desvalorização constante também e isso abre oportunidades para entrar em algumas empresas que quando passar essa desvalorização terão ótimos resultados. Sim, esta desvalorização do dólar vai passar ou vocês realmente acreditam que estamos virando uma Suécia ou Dinamarca?

O dólar tem seu preço médio entre 3,30 a 3,50 e atualmente encontra-se a 3,13 (cotação da manhã do dia 31/07/2017, depois explico como calcular), ou seja, podemos ter uma valorização de uns 7 a 13% na moeda mas esse não é o objetivo pois o ganho pode ser maior se comprarmos algumas ações que poderão ter valorização muito maior com essa alta.

Nessa estratégia estou de olho em 3 ações sendo elas: Klabin KLBN4, Embraer EMBR3 e Fibria FIBR3. Sobre a Klabin, temos a 3, a 4 e a 11 e se quiser ser mais preciso, basta fazer a conta pois a KLBN11, é constituída de 1 ação da KLBN3 e 4 da KLBN4, pode fazer a matemática pra ver qual está melhor para compra.

Vejam o gráfico de KLBN4:


Analisando alguns números podemos ver que a receita tem aumentado assim como o lucro o que coloca a empresa em uma posição, na minha opinião, boa pra compra com o dólar nos níveis em que se encontra pois se ela vem com bons resultados com o dólar baixo, imaginem quando o dólar subir para 3,50 novamente?


Agora veremos o gráfico do dólar:



Podemos perceber que a ação não acompanhou a queda vertiginosa do dólar porém sua receita cresceu quase 50% nos últimos anos.

Agora vamos ver a KLBN3, FIBR3 e EMBR3, todas ON.



Olhando o gráfico de um ano vemos que a EMBR3 está mais descontada ainda do que a KLBN3 e também é uma ação para acompanhar nos mesmos termos.

Então, agora que já expus meu ponto de vista, lembrem-se que essas são minhas divagações e não constituem indicação de compra de nada, apenas escrevo para compartilhar e registrar minhas ideias e principalmente, no futuro olhar para trás e ver quais eram minhas ideias, opiniões e estratégias assim como tenho feito com os últimos posts.

De qualquer maneira estou de olho nessas empresas e com fortes tendência de entrar em Klabin e deixar até que o dólar suba de novo e caso demore, fico com o papel pois os números não estão ruins a ponto de ser um papel extremamente perigos e volátil.

E vocês, qual estratégia estão usando atualmente?

Por enquanto é isso pessoal.

Abraço a todos!