quinta-feira, 30 de março de 2017

Investimentos nos exterior: Compra de Berkshire BRKB

Fala galera da Finansfera!


Em 3 de abril de 2017, a Buffett Berkshire Hathaway (BRK.B) receberá US $ 148 milhões em dividendos de suas 400 milhões de ações da Coca-Cola (KO). Isso resulta em cerca de US $ 1,644 milhões em renda de dividendos por dia, US $ 68,500 dólares em renda de dividendos por hora, US $ 1142 dólares em renda de dividendos para Berkshire Hathaway a cada minuto, ou quase US $ 19,03 cada segundo. Essas ações têm uma base de custo de US $ 1,29 bilhões de dólares, e foram adquiridas entre 1988 e 1994. Isso sai para US $ 3,25 / ação. O pagamento anual de dividendos produz um rendimento sobre o custo de mais de 45,60%. Isso não pressupõe reinvestimento de dividendos e é 4-5 vezes maior do que o que os investidores em Treasuries US de 30 anos estariam ganhando hoje. 
Com este pequeno texto que extrai da internet pesquisando sobre a Berkshire que anuncio a compra de algumas ações dela. Pretendo dar uma boa engorda na minha carteira com BRKB mas tenho que começar com pouco. Existe também a BRKA mas essa custa mais de 200 mil dólares pois nunca foi desdobrada. Acho que ter uns 3 ações tá bom né, coisa pouca na carteira, apenas 3 BRKA.

Não vou ficar falando que ela começou na Inglaterra, que possui trocentas empresas, que grande parte dela é composta por seguradores e bla bla bla porque isso vocês podem ver no google, então só falarei das minhas impressões.

Faz tempo que vinha estudando sobre ela e não tenho dúvidas que a ação é um excelente negócio para longo prazo pois ela não paga dividendos e reinveste os recebidos. Já tinha lido sobre ela no Investidor Internacional aqui e aqui, também já li ela no site do Frugal quando ele comprou, já no site do Viver de Dividendos, se fizer uma pesquisa sobre Berkshire vai ver como ela já foi citada várias vezes mas salvo engano ela não faz parte da carteira dele, VDD, fique à vontade para tecer comentários (ou se explicar kkk) do por quê você não tem BRKB na sua carteira. Tenho certeza que os amigos Termos Reais e O Aportador  têm algo a falar sobre ela.

Bom, só com essa galera de peso que citei vocês já pode ver que a empresa é boa mas fui buscar um pouco mais dela e vi que a Vert Inc. que é um site que classifica ações, elevou a BRKB recomendando compra no momento. 

Quanto ao preço "justo" encontrei opiniões divergentes, alguns acham que é 183, outros 192 e até 197 já vi comentarem mas o importante é que todas as opniões mostram preço acima do que é hoje. Em contra partida se analisarmos a média de 52 semanas vamos ver que hoje o preço está quase no topo mas a euforia do mercado tem elevado o preço de todas as ações e além do mais para Buy & Hold, o preço não é o mais importante.

Mas qual é a preocupação que podemos ter com a Berkshire? Bom na verdade a maior preocupação é se a empresa vai continuar com a mesma performance após Buffet e Munger passarem para o oriente eterno, ou seja, o risco maior é se os investidores e as empresas confiarão no sucessor tanto quanto nos criadores. Bom, isto é um risco a correr uma vez que todo tipo de investimento tem algum risco. Traçando um paralelo com a Apple que não morreu com Steve Jobs, espero que a Berkshire também não morra, pelo menos não antes de mim.

Por enquanto é isso.


Abraço a todos!






terça-feira, 28 de março de 2017

Investimentos no exterior: Compra de CVS Pharmacy

Fala galera de Finansfera!



Até que enfim fiz minha primeira compra no exterior. Ufa! Já tinha procrastinado demais e apesar de ter estudado bastante os ETF que quero comprar, minha primeira compra foi de uma ação kkkkkk.

Bom, sobre minha estratégia informo a todos que ela continua firme e forte. Do total da minha carteira de investimentos vou deixar em torno de 30 a 35% no exterior e desses 30%, 35% serão em ações e os outros 65% em ETF.

Após analisar bastantes empresas, ler vários blogs, estudar vários portfólios tanto de alguns investidores que sigo no Brasil e que investem no exterior bem como de investidores no exterior, resolvi que CVS faria parte da minha carteira.

Não sou aquele cara que fica detalhando a empresa, traduzindo todos os números dela, comentando sobre decisões e fazendo analises para público externo então por isso, não vou ficar explicando a empresa, se quiser dar uma olhada nela indico uma análise que o Viver de Dividendos fez e pode ser encontrado aqui e também visitar o site de relacionamento com o investido da empresa onde há muitas informações fáceis de serem lidas.



Vou resumir o que vejo da CVS. Ela é a maior rede de farmácias do mundo. Tem crescimentos constante no pagamento de dividendos. A empresa cresce constantemente e me agrada. 

Uma coisa que vejo hoje em dia além de ficar tentando decifrar números é sobre a aceitação da empresa perante o público. Vejo da seguinte maneira: O que você acha da empresa, o que eu acho da empresa, como a empresa trata o comércio e o cliente? Claro que isso não é tudo e precisamos analisar os números mas esses fatores hoje em dia contam um pouco pra mim por isso eu acabo me interessando por empresas, que digamos, eu tenha orgulho de ser sócio.

Andando por vários estados dos EUA a gente percebe o quanto de lojas existem. Cada esquininha você pode encontrar uma CVS seja gigante ou seja minúscula ou até mesmo on line.

Existem milhares de empresas na NYSE e nunca encontraremos a empresa perfeita então, temos que analisar a empresa e decidir se está bom daquele jeito, se acha que te atende e seguir em frente.

Esses dias eu acordei e fiquei pensando em empresas que eu gostaria de ser sócio e comecei a citar os nomes até que percebi que seria impossível ser sócio de tantas empresas. Por exemplo, você gostaria de ser sócio da BMW? Da Audi? Da Apple? Da American Airlines? Pare para pensar quantas empresas você admira, quantas empresas você acha que fornece um bom serviço e que provavelmente é uma excelente empresa com bons lucros. Pare pra pensar de todas essas empresas que você citou, quantas delas existem desde que você era criança?

Então, é mais ou menos desta maneira que eu escolho a empresa que quero ser sócio, em se tratando de ações no exterior pois no Brasil a coisa é um pouco diferente. 

Pensando desta maneira e analisando alguns números das empresas decidi ter pelo menos 12 empresas na minha carteira de ações no exterior. Iria citar aqui 12 que pensei mas como as coisas mudam e até que eu compre todas, já devo ter mudado de ideia e trocado pelo menos umas 6 delas.

Olhando alguns sites de investimentos no exterior percebi o quanto o povo gosta dessa onda de dividendos e ações para longo prazo mas não se iluda, nossas regras tributárias são diferentes então tem que estudar um pouco pra saber até onde vale a pena investir lá fora e como fazer. Navegando por aí encontrei sites com investidores possuindo mais de 90 ações na carteira de dividendos sem falar nos REITs.

Pois é amigos da Finansfera, se vocês acham que é difícil escolher empresa no Brasil, imagine lá fora? Mas pelo menos uma coisa eu digo, lá fora as chances de uma grande empresa como CVS, BMW, Apple, IBM, AA, AT&T se abalar é muito menor do que as nossas.

Fiquei muito contente pois em breve comprarei uma BMW :) ou seja, comprarei ações da BMW kkkkk.

Por enquanto é só pessoal. Próximo post provavelmente sobre algum ETF pois coloquei a ordem de compra hoje no preço de mercado mas a danada subiu exatamente na mesma hora e acabei não comprando mas amanhã é dia.

Abraço a todos!








quarta-feira, 22 de março de 2017

Minha viagem aos Emirados Árabes, Qatar - Segunda Parte

Fala galera da Finansfera!


Conforme prometido, agora vamos à segunda parte do post sobre Doha no Qatar nos Emirados Árabes. Na primeira parte falei sobre a ida, o voo, escala em Dubai, e o hotel no Qatar mas agora vou falar de um pouco da cidade, do que ví por lá, dos prédios, shopping e o famoso comercio do ouro.
          
Como já vinha falando no primeiro post, vou repetir aqui só para vocês não esquecerem, Doha é sinônimo de riqueza, ostentação e perfeição! Andando pelas ruas percebi que não há sujeira em lugar nenhum. As ruas todas asfaltadas, bem sinalizadas, limpas e largas. Incrível ver a grama que ornamenta a paisagem, sempre bem aparada e você vê gente trabalhando o tempo todo nelas. Não há buracos nos canteiros e a grama é perfeita, melhor que muito estádio de futebol nosso.
     
Na cidade a gente vê a quantidade de prédios futurísticos e lindos! Tudo com muito detalhe e cada prédio é uma atração diferente. Conversando com o pessoal de lá, fui informado que há uns 13 anos só havia um prédio que era o Sheraton Hotel e mais nada, hoje tem vários prédios gigantes e com cada design incrível. Passando por uma obra de construção de um prédio, ví mais de 200 homens trabalhando no local, sem exageros, era muita gente trabalhando junto para levantar um prédio o mais rápido possível.

Torres gêmeas



Este prédio parece um foguete

As ruas bem cuidadas 

Ao fundo construções fantásticas

Estrutura rodoviária espetacular 

Cenário lindo, mar, prédios ao fundo e a grama verde a frente

Por toda a cidade o visual é perfeito

Centro da cidade

Uma variedade de prédios diferentes no centro da cidade

Seguindo adiante fui visitar o MIA Museum of Islamic Art. Uma construção fantástica onde podemos ver 4 andares de artes islâmicas, tem fotos, histórico da escrita, das vestimentas, da moeda local e muitas outras coisas.

Pra quem quer fazer uma boa viagem e um álbum de fotografia incrível, não pode deixar de comparecer à Doha e principalmente ao Museu. Por dentro tudo é muito bem detalhado inclusive para fotos. Tem uma área externa onde existe um chafariz e algumas janelas enormes que dão vista para a cidade e a noite a iluminação é impressionante.


Vista do interior do Museu

Reparem nos detalhes

Esta escada é o principal ponto turístico do Museu

Luzes iluminando detalhes no teto



Restaurante

Bar do restaurante

Destaque para a luminária que passa frases em sua haste

Como todo lugar, lojinha para compras


Souvenirs expostos como jóias

Esta é a área externa para belíssimas fotos

Um bom fotógrafo explora muito esta parte



Mais um lugar para um café



Algumas fotos das artes

















O MIA realmente é espetacular, indo a Doha, não deixe de visitar. 

Um lugar interessante que é famoso e ponto turístico é o souko mercado deles. Não é supermercado, é como se fosse uma feira para nós.

O mercado foi construído recentemente no entanto, ele representa construções antigas de Doha, existem várias lojinhas vendendo presentes curiosos característicos do local. Há hotéis e restaurantes no meio dessas construções e a gente nem percebe. Do lado de fora podemos ver camelos descansando. 
          
Próximo ao mercado há o mercado do ouro, um local com ouro para todo lado, várias lojas e muita negociação na hora da compra. Pode pechinchar que sai desconto. Apesar de se tratar de ouro, não percebi problema nenhum quanto à segurança, ladrões, pivetes, trombadinhas ou qualquer ameaças que percebemos no Brasil. Ah, já ia me esquecendo! O problema no mercado do ouro vai ser a sua mulher kkkkkk.

Mercado

O lugar é enorme com vários corredores e lojas

Restaurantes e cafés ficam camuflados

Construções novas com cara de antigas





Mercado do ouro

Pensem no desespero das mulheres kkkkkk




Outro ponto interessante que eu já tinha lido diversas opiniões na internet foi o shopping Villaggio. O shopping tem um visual muito interessante. Ele tem o teto todo pintado de céu e você nem percebe que está a noite quando andando nele. O tempo passa e você esquece da hora, pois a pintura no teto te leva a pensar que ainda é dia. Na entrada principal existe uma área onde o eco é impressionante, há uma marcação no meio onde você consegue obter o máximo do eco do som que produzir. O mais interessante no shopping é que tem um rio artificial nele e você pode fazer um passeio de gôndola.
   
Há uma parte nova no shopping com as principais marcas famosas do mundo, esta área é extremamente bonita com uma iluminação incrível. Realmente, ostentação!



Entrada principal do shopping

Pintura no teto do shopping

Entrada principal

Aqui começa a ficar confuso se é dia ou noite

Noite ou dia?

Vista panorâmica de onde parte a gôndola

Rio artificial no interior 

Passeio romântico de gôndola

Pista de patinação ( no deserto )

Aqui começa a área das lojas famosas no mundo









Na saída do shopping um espetacular hotel


Existe muita coisa legal em Doha, pode reservar 5 dias para andar por lá sem parar. A cultura é fantástica, a educação é percebida em todo momento e em qualquer lugar. Índice de criminalidade praticamente zero. Salário alto em todas as profissões. Beleza, ostentação e perfeição para todo lado. assim termino este segundo post sobre Doha no Qatar, lugar que entrou para minha lista de lugares que voltaria para explorar mais ainda.

Espero que tenham gostado das informações e incluído o país em sua lista de viagens. Vale muito a pena mesmo e como a moeda lá é equivalente a nossa, não é impossível passear por lá.

Desculpem-me a quantidade de fotos mas quando se trata de viagens, as fotos falam mais que os textos.

Abraço a todos!!!